1ª Turma do Supremo autoriza extradição de brasileira nata acusada de homicídio

Porque perdeu a nacionalidade brasileira

Por Marcelo Galli

A 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal autorizou, nesta terça-feira (28/3), a primeira extradição de uma brasileira nata de sua história. Por quatro votos a um, o tribunal definiu que, como ela havia se naturalizado norte-americana, automaticamente renunciou à naturalidade brasileira. E por isso pode ser extraditada para responder por crimes cometidos em outro país. .. (CONJUR)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *