Chefes de Estado e de Governo da Unasul inauguram nova sede no Equador

AGÊNCIA BRASIL

“O encontro dos chefes de Estado e de Governo dos 12 países que compõem a União de Nações Sul-Americanas (Unasul) vai finalizar com a cerimônia de inauguração da nova sede do órgão. A 14 quilômetros de Quito, capital do Equador, o local será batizado de Néstor Kirchner, em homenagem ao ex-presidente argentino, falecido em 2010, que foi o primeiro-secretário-geral da Unasul.

A partir das 9h desta sexta-feira (5), horário local, os líderes dos países-membros do órgão estarão reunidos na Cúpula Extraordinária. Como Quito está três horas menos em relação ao horário de Brasília, a reunião vai começar às 12h para quem está no Brasil, com previsão de término às 13h15.

A presidenta Dilma Rousseff deve discursar, assim como outros líderes, durante o evento. Ela embarcou nesta quinta-feira (4) para participar da cúpula. Desde ontem (3), convidados de alguns países e chanceleres das nações que integram a Unasul participam, em Guayaquil, de painéis que discutem as possibilidades de convergência na região e os desafios do órgão. A facilitação no trânsito de cidadãos sul-americanos na região e a criação de uma coordenação para estudar os processos eleitorais da América Latina também serão discutidos durante a Cúpula.

De acordo com o Ministério das Relações Exteriores do Brasil, o Conselho de Chefes de Estado e de Governo da Unasul é formado por 17 foros, em áreas como defesa, infraestrutura e saúde. O comércio brasileiro com os países do bloco passou de US$ 17,8 bilhões para US$ 73,4 bilhões em uma década, informou o Itamaraty.

Durante o encontro, será inaugurada a estátua de Néstor Kirchner, haverá intervenções musicais, lançamento de balões com os nomes dos países integrantes da Unasul e fotografia oficial dos chefes de Estado e de governo. Já a cerimônia oficial de inauguração, por volta do meio-dia (horário local), prevê a saudação de representantes regionais, do presidente do Equador, Rafael Correa, e do secretário-geral da Unasul, Ernesto Samper.

Ao final do evento, às 14h15 (horário local), Correa oferecerá almoço aos mandatários dos países. A Unasul é formada por Bolívia, Colômbia, Equador, Peru, Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai, Venezuela, Chile, Guiana e Suriname. O embarque de Dilma, de volta a Brasília, está previsto para logo depois do almoço.

Localizada na região conhecida como Mitad del Mundo (Metade do Mundo), porque está sobre a Linha do Equador, que separa os dois hemisférios da Terra, a nova sede tem 20 mil metros quadrados de construção. Com o local, o governo equatoriano considera que Quito será a “capital da integração sul-americana”.

http://agenciabrasil.ebc.com.br/internacional/noticia/2014-12/chefes-de-estado-e-de-governo-da-unasul-inauguram-nova-sede-no-equador

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.