Camex recebe esta semana pedido de revisão de taxas para importação do feijão

O abastecimento do feijão é urgente por causa da quebra da safra. Os brasileiros estão pagando muito caro pelo Kilo do feijão que é alimento indispensável na cozinha dos brasileiros. O governo autorizou ontem, dia 22 de junho de 2016, a importação.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) encaminhará ainda esta semana à Câmara de Comércio Exterior (Camex) pedido de revisão das taxas de importação do feijão. Na manhã de hoje (22), o governo anunciou que vai liberar a importação de feijão produzido na Argentina, Paraguai e Bolívia como forma de evitar o alto preço nos supermercados brasileiros. Estuda também a possibilidade de ampliar essa autorização para a China e México… (AGÊNCIA BAGÊNCIA BRASIL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s