Brasil e Japão criam grupo para acelerar exame de patentes

Excelente ! Mas é essencial que o Brasil ratifique o Protocolo de Madrid 

Tóquio (6 de outubro)O Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) e o Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão (METI) criaram um grupo de trabalho para estudo de projeto piloto de Patent Prosecution Highway (PPH) entre Brasil e Japão.

O acordo foi assinado nesta quinta-feira pelo secretário-executivo do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Fernando Furlan, e pelo vice-ministro de Economia, Comércio e Indústria do Japão, Hirofumi Katase.

O Patent Prosecution Highway (PPH) consiste em uma via rápida para acelerar processos de patentes por meio da partilha de informações entre Escritórios Oficiais de Propriedade Intelectual. O PPH permite que esses escritórios se beneficiem do trabalho previamente realizado pelo escritório parceiro, diminuindo os prazos de análise.

O grupo de trabalho será formado por representantes do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) e do Japan Patent Office (JPO). O objetivo é estabelecer com o Japão um acordo nos mesmos moldes do assinado com os Estados Unidos.

Desde janeiro deste ano, empresas brasileiras podem usar o resultado de um pedido de patente depositado no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) para agilizar o exame no United States Patent and Trademark Office (USPTO) e vice-versa. Os candidatos que se submeteram ao procedimento no INPI terão uma resposta do USPTO em cerca de três meses… (MDIC)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s