BNDES volta a financiar projetos de exportação de serviços de engenharia

Financiar empréstimo para empresa investigada na Operação Lavajato em outro país !

Finance loan for company investigated in Operação Lavajato in another country!

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) voltou a financiar exportações de serviços de engenharia depois de uma interrupção de oito meses. O financiamento será concedido à Construtora Queiroz Galvão, empresa investigada pela Operação Lava Jato.

O banco desembolsará 145 milhões de dólares (cerca de R$ 470 milhões) para a construção do corredor logístico que liga Puente San Juan I a Goascorán, em Honduras. O valor do empréstimo do BNDES equivale a 66% do valor total da obra.

De acordo com o BNDES, a Queiroz Galvão e o governo de Honduras se comprometem a cumprir a finalidade da aplicação dos recursos financiados. Os critérios levam em consideração consultas à Advocacia Geral da União (AGU) e aos demais órgãos do sistema de apoio oficial às exportações.

AGÊNCIA BRASIL 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s