Desemprego a 13,1% se soma à incerteza política e reforça freio à retomada econômica

Infelizmente vamos aguardar o novo governo apresentar algumas medidas para mudar a situação atual.

Nos últimos meses, a economia brasileira tem vivido altos e baixos, em uma constante oscilação dos seus indicadores. Para quem quer ver o copo meio cheio da retomada que começou em 2017, há boas notícias como a queda da taxa de juros ao menor patamar histórico (6,5%), inflação abaixo da meta e aumento há cinco meses da arrecadação do Governo. Os mais pessimistas, no entanto, também encontram motivos para se preocupar com a (falta de) velocidade da recuperação. A taxa de desemprego divulgada nesta sexta, por exemplo, registrou alta e chegou a 13,1% no trimestre concluído em março, como mostram os dados levantados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Sem pessoas consumindo pelo lado da demanda, a atividade econômica, ou seja, a oferta, perde o fôlego no começo deste ano. O desempenho nos serviços, indústria e comércio foram menores que o previsto pelo mercado, colocando em xeque a previsão da maioria dos economistas de crescimento de 3% para 2018… EL PAÍS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s