EUA ameaçam juízes do Tribunal de Haia para evitar investigação sobre crimes de guerra

Novos tempos, nova política. O que fazer?

“Os Estados Unidos atacaram com inusitada agressividade o Tribunal Penal Internacional (TPI), antigo inimigo da ala mais à direita do Partido Republicano, e ameaçaram impor sanções aos juízes da corte localizada em Haia se levarem adiante uma investigação sobre crimes de guerra supostamente cometidos por norte-americanos no Afeganistão. “Os Estados Unidos usarão todos os meios necessários para proteger seus cidadãos e os dos nossos aliados contra as acusações injustas desse tribunal ilegítimo”, advertiu John Bolton, conselheiro de Segurança Nacional de Donald Trump, em um discurso na Sociedade Federalista, uma entidade conservadora em Washington. “Nós não cooperamos com o TPI, não vamos ajudar, não vamos participar, vamos deixar que morra por conta própria, afinal, para nós o TPI já está morto”, acrescentou o falcão ultraconservador, em seu primeiro discurso importante desde que se juntou à Casa Branca em abril…”

Para ler a notícia completa acesse EL PAÍS 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s