Cuba pós-Fidel considera investimento estrangeiro prioridade nacional

Cuba precisa atrair novos investidores

“O fato de a única associação de empresários estrangeiros em Cuba – que tem mais de 250 membros e está prestes a completar 25 anos – ser espanhola diz muito: um quarto das empresas estrangeiras credenciadas pela Câmara de Comércio local é espanhola. A ilha foi o segundo destino das exportações espanholas para a América Latina em 2017, atrás do México e, embora em termos globais figure depois da China – e até recentemente da Venezuela –, “a Espanha é o primeiro parceiro comercial em termos reais porque a China e a Venezuela possuem acordos especiais”, lembra Juan Triana, professor do Centro de Estudos da Economia Cubana da Universidade de Havana. Mas essa preponderância pode ser ameaçada pela crescente chegada de capital estrangeiro”…

Para ler a notícia completa acesse EL PAÍS 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s