A revolução logística chinesa que deixa a Amazon no chinelo

A logística ! 

Tudo que o Brasil precisa !

Funcionário da Suning na área onde os produtos são separados por unidades e guardados em estantes robotizadas de 24 metros de altura.
Funcionário da Suning na área onde os produtos são separados por unidades e guardados em estantes robotizadas de 24 metros de altura.ZIGOR ALDAMA

EL PAÍS 

“Fazer compras nos supermercados da rede Hema é tão fácil e rápido quanto pedir uma pizza. Usando o aplicativo de celular desenvolvido pela empresa, basta encher o seu carrinho e em no máximo meia hora o pedido está preparado e um mensageiro o leva à sua casa. O mesmo acontece com a comida em domicilio. Empresas desse setor, como Meituan e Ele.me, se popularizaram na Chinamuito antes do Glovo e Deliveroo, e seu volume de negócio faz empalidecer o de qualquer outra companhia.

O Meituan Dianping, por exemplo, supera os 400 milhões de usuários e cinco milhões de restaurantes filiados, administra 20 milhões de pedidos por dia, conta com quase 600.000 entregadores ativos e fechou o primeiro trimestre com um faturamento de 75,6 bilhões de yuans (175,87 bilhões de reais), 38,6% a mais que no mesmo período de 2018. Segundo a empresa, a rapidez de seu serviço — 28 minutos em média — se deve em grande medida aos avanços tecnológicos que adotou. Salienta um deles: o sistema de inteligência artificial que determina em 0,55 milissegundo a melhor rota para um grupo de pedidos”…

Para ler a notícia completa acesse EL PAÍS 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s