Cómo llega América Latina a la 74ª Asamblea General de la ONU (sigue en vivo los discursos)

A Cúpula do Clima é o evento anterior que iniciou no dia 21 de setembro e teve participação de jovens com destaque da GRETA THUNBERG 

O presidente Jair Bolsonaro abre hoje, dia 24  de setembro de 2019,  os debates da 74ª Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), na sede da organização, em Nova York, nos Estados Unidos. O ponto principal do seu pronunciamento deve ser a defesa da soberania brasileira e das ações do governo na Amazônia, após a repercussão internacional dos incêndios que vêm ocorrendo na região ao longo dos últimos meses.

Precisamos urgente adotar a SUSTENTABILIDADE NO COMÉRCIO INTERNACIONAL. Não temos nem podemos desrespeitar as pessoas, o meio ambiente. 

 

“Este martes comienza el debate de alto nivel de la 74 Asamblea General de la Organización de las Naciones Unidas (ONU) con la participación de decenas de jefes de Estado y de Gobierno, así como cancilleres y ministros para discutir sobre los temas que centran estas sesiones: el cambio climático, la reducción de la pobreza y la inclusión educativa.

Sin embargo, otros temas de la coyuntura internacional se harán presentes durante las intervenciones de los gobernantes.

A nivel de Latinoamérica, destacan la crisis ecológica desatada por los incendios que arrasaron la amazonía brasileña, la campaña de agresión contra el Gobierno de Venezuela y el retorno a las armas por parte de fracción de las desmovilizadas Fuerzas Armadas Revolucionarias de Colombia (FARC).”…

NODAL 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.