Feiras Internacionais de Agosto de 2017 no Brasil

Com um pouco de atraso devido a correria do dia a dia.

Como sempre é bom salientar que é oportunidade de novos negócios, ampliar o networking. Mesmo estando ciente de que a economia brasileira não vai nada bem.

1- CHRISTMAS FAIR  – Suspensa

2- HOUSE & GIFT FAIR  – Suspensa

3- TÊXTIL HOUSE FAIR – Suspensa

4- ENACAB 

5- HIGH DESIGN – HOME & OFFICE EXPO 

6- TECNOCARNE

7- MERCOMOVEIS 

8- MARITN TEC SOUTH AMERICA  

9- NETCOM

10- EXPOLAZER 

11- BIJOIAS

12- EXPO PROTEÇÃO

13- LABEL LATINOAMERICA

14- FISA 

15- INNOVAPACK

16- INTERSOLAR SOUTH AMERICA 

17- CONCRETE SHOW

18- EXPOINTER 

19- ALJOIAS 

2- LATAM RETAIL SHOW 

Queijos de Minas Gerais levam 11 medalhas em evento internacional na França

Gostaria de parabenizar todos os participantes desse evento, especialmente a turma de Minas Gerais !

Parabéns também ao SEBRAE por todo trabalho efetuado com o pessoal do leite nos últimos anos no Brasil.

É uma vitória também do Governo Brasileiro e do povo !

Um dos principais produtos de Minas Gerais acaba de fazer bonito num evento internacional realizado na França, no início de junho deste ano. No concurso Mondial du Fromage, no Salão do Queijo de Tours, cidade francesa às margens dos rios Loire e Cher, os queijos mineiros levaram um super ouro, sete medalhas de prata e três de bronze. Nossos quitutes regionais concorreram contra 700 produtos de 20 países.

Roberto Simões, presidente da Federação da Agricultura do Estado de Minas Gerais (Faemg), destaca a importância da premiação, já que Minas concorreu no país que é famoso por seus queijos tradicionais. “Nossos produtores estão de parabéns por terem colocado o queijo de Minas entre os melhores do mundo. Estas conquistas confirmam a qualidade dos queijos mineiros e são um estímulo para quem apoia a produção e para os próprios produtores, pois demonstram que o queijo minas artesanal tem futuro próspero”, comenta Simões… (Conheça Minas)

Brazil forced to import Robusta coffee: first time in decades

O Brasil é forçado a importar café Robusta: pela primeira vez em décadas. Isso porquê, segundo o pessoal do café de MG, o café robusta despareceu do mercado brasileiro e quando é encontrado, está muito caro a saca.

Brazil’s Agriculture Minister Blairo Maggi said on Monday he has asked the country’s Foreign Trade Chamber (Camex) for authorization to open robusta coffee imports at near zero tariff, according to the ministry.

If Camex board approves the request, it would be the first time in decades that Brazil imports coffee, amid a robusta supply crisis that threatens to sharply reduce instant coffee production.

“I understand that it is necessary at the moment,” said Maggi about the imports.

Brazil is the world’s largest producer and exporter of green coffee and also the No.1 shipper of instant coffee. It produced a record arabica coffee crop in 2016, but the robusta output fell to the lowest since 2004 after droughts in the main producing state Espirito Santo… (MERCOPRESS)

Mapa abre inscrições para duas das principais feiras de pescado do mundo

Imperdível ! A divulgação é importante para os empresários não perderem as inscrições !

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) abriu processo de seleção de expositores para as feiras Seafood Expo North America, em Boston (EUA), e Seafood Expo Global, em Bruxelas (Bélgica), nos meses de março e abril de 2017.

A participação nos dois principais eventos de promoção e comercialização de produtos da pesca e aquicultura do mundo, considerados estratégicos para o pescado brasileiro, é sendo promovida pelas secretarias de Aquicultura e Pesca e de Relações Internacionais do Agronegócio do Mapa, juntamente com o Ministério das Relações Exteriores.

Além do alcance global das feiras, União Europeia e Estados Unidos, que sediam as exposições, representam os maiores mercados importadores de pescados do mundo, consumindo o equivalente a US$ 50 bilhões por ano. Continuar lendo

MDIC promove em Belo Horizonte o 150º Encontro de Comércio Exterior

Desejo muito sucesso ! Que todas dúvidas sejam esclarecidas e que o governo consiga mostrar a importância da exportação !

Vamos exportar Brasil !

Edição será voltada para as empresas de Minas Gerais dos setores produtores de alimentos e bebidas e confecções

 

Brasília (3 de novembro) – O Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços realiza nesta sexta-feira (4), em Belo Horizonte, o Encontro de Comércio Exterior (Encomex). O evento é realizado em parceria com a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg). Em sua edição de número 150, o encontro tem como objetivo promover a participação do empresariado mineiro no comércio internacional e, consequentemente, ampliar o número de empresas brasileiras que exportam.

O Encomex integra o Plano Nacional da Cultura Exportadora (PNCE), que promove um amplo diálogo e coordena ações de 16 entidades parceiras nacionais, alinhadas com outras cerca de 120 instituições estaduais.

O PNCE já opera em 20 unidades da federação, onde a figura do Comitê Estadual do PNCE planeja, executa e monitora as ações de apoio às exportações no estado. Em Minas Gerais, o Comitê é composto por dez entidades (AC Minas, Banco do Brasil, Central Exporta Minas, Correios, Fecomércio, Fiemg, INDI, Jucemg, Sebrae e Senac).

A 150ª edição do Encomex é a primeira alinhada ao conceito de trilha da internacionalização, nova metodologia do PNCE. Desta forma, os temas principais do evento serão: inteligência comercial, adequação de produto, promoção comercial, crédito e financiamento, logística e o regime de exportação drawback.

Os paineis nesses temas serão conduzidos pelas seguintes instituições: Ministério das Relações Exteriores (MRE), Apex-Brasil, Confederação Nacional das Indústrias (CNI), Sebrae Nacional, BNDES, Banco do Brasil, Ministério da Fazenda, Correios, entre outras. Além disso, haverá uma área de atendimentos individuais, onde técnicos das instituições ofertantes e do Comitê Estadual irão tirar dúvidas e complementar as informações repassadas nos painéis… (MDIC)