Marcos Pereira lidera primeira missão do MDIC a Israel em 12 anos

Incrível ! Primeira missão empresarial na terra que reúne alta tecnologia. Não cabe comentar o conflito Palestina-Israel.

Tel Aviv (25 de junho) – Com o objetivo de ampliar parcerias com o país que tem a segunda maior densidade de startups do mundo e um dos maiores índices de exportação de alta tecnologia, teve início neste domingo, em Tel Aviv, capital de Israel, a primeira missão do MDIC ao país em 12 anos. O primeiro compromisso da missão, liderada pelo ministro Marcos Pereira, foi um encontro na Embaixada do Brasil em Israel. Ele foi recebido pelo embaixador Paulo Cesar de Vasconcellos e falou da expectativa da agenda de quatro dias que inclui visitas a duas universidades, empresas de tecnologia, ao parlamento (Knesset) e uma reunião com o ministro de Economia e Indústria, Eli Cohen.

Ainda na embaixada, Marcos Pereira recebeu a CEO da Israeli Advanced Technology Industries (IATI), Karin Rubinstein. A IATI congrega indústrias de alta tecnologia e biociências de Israel com a missão de conectar o ecossistema israelense de alta tecnologia em todos os seus níveis. Possui mais de 700 membros entre empreendedores, startups, incubadoras, centros de P&D, investidores privados, entre outros. .. (MDIC)

Governo americano suspende todas as importações de carne fresca do Brasil

Quando se perde a Confiança fica complicado.

O secretário de Agricultura dos Estados Unidos, Sonny Perdue, anunciou hoje (22) a suspensão de todas as importações de carne fresca do Brasil devido a preocupações recorrentes sobre a segurança dos produtos destinados ao mercado americano. Em comunicado, Perdue informou que a suspensão dos embarques permanecerá em vigor até que o Ministério da Agricultura brasileiro tome medidas corretivas que o Departamento de Agricultura americano considere satisfatórias.

Desde o aumento da inspeção, foi recusada a entrada de 106 lotes de produtos bovinos brasileiros, devido a problemas de saúde pública, condições sanitárias e problemas de saúde animal. A nota dos Estados Unidos diz que o governo brasileiro se comprometeu a resolver essas preocupações.

Ontem (21) o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) do Brasil suspendeu as exportações de cinco frigoríficos para os EUA, depois de autoridades sanitárias americanas identificarem irregularidades provocadas pela reação à vacina contra a febre aftosa. Segundo nota do Mapa, a proibição continuará em vigor até que sejam adotadas “medidas corretivas”… (EBC)

Ministro quer medidas práticas para aproximar os países do BRICS

Nós precisamos no Brasil de ações concretas, colocar em prática atividades mil.

Em Nanjing, na China, ao participar do 7º Encontro de Ministro da Agricultura do grupo dos BRICS, Blairo Maggi (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), propôs nesta sexta-feira (16) que o Plano de Ação 2017-2020 do bloco estabeleça um grupo de trabalho para o monitorar e apresentar propostas que ampliem o fluxo de comércio e de investimento agropecuário e agroindustrial. “Precisamos nos esforçar para sairmos deste encontro com diretrizes para atingir resultados que beneficiem as populações que representamos. É fundamental contarmos com mecanismo para superar barreiras ao comércio”, afirmou.

“Nesse grupo de trabalho, espero discutir temas, como questões sanitárias e fitossanitárias, regras mais flexíveis e oportunidades de negócio entre as empresas do setor”, disse o ministro Maggi. Para fortalecer o BRICS (formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), na área agrícola, é necessário, além de intensificar a cooperação, promover a inovação, acrescentou.

“Quero destacar a importância de colaborarmos mais intensamente na promoção da pesquisa, pois isso é fundamental para o sucesso de nossos produtores”, destacou Maggi, lembrando que, nos anos 1970, o governo brasileiro criou a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), para responder demandas da agropecuária e enfrentar desafios do futuro. O que permitiu, observou, aumentar a produção de grãos em 386%, nos últimos 40 anos, enquanto a área utilizada na agropecuária cresceu 33%, 11 vezes menos… (Agricultura)

Queijos de Minas Gerais levam 11 medalhas em evento internacional na França

Gostaria de parabenizar todos os participantes desse evento, especialmente a turma de Minas Gerais !

Parabéns também ao SEBRAE por todo trabalho efetuado com o pessoal do leite nos últimos anos no Brasil.

É uma vitória também do Governo Brasileiro e do povo !

Um dos principais produtos de Minas Gerais acaba de fazer bonito num evento internacional realizado na França, no início de junho deste ano. No concurso Mondial du Fromage, no Salão do Queijo de Tours, cidade francesa às margens dos rios Loire e Cher, os queijos mineiros levaram um super ouro, sete medalhas de prata e três de bronze. Nossos quitutes regionais concorreram contra 700 produtos de 20 países.

Roberto Simões, presidente da Federação da Agricultura do Estado de Minas Gerais (Faemg), destaca a importância da premiação, já que Minas concorreu no país que é famoso por seus queijos tradicionais. “Nossos produtores estão de parabéns por terem colocado o queijo de Minas entre os melhores do mundo. Estas conquistas confirmam a qualidade dos queijos mineiros e são um estímulo para quem apoia a produção e para os próprios produtores, pois demonstram que o queijo minas artesanal tem futuro próspero”, comenta Simões… (Conheça Minas)

Balança comercial das primeiras duas semanas de julho de 2017

Os números estão subindo !

Brasília (12 de junho) – Nas duas primeiras semanas de junho de 2017, que tiveram sete dias úteis, a balança comercial registrou superávit de US$ 2,224 bilhões, resultado de exportações no valor de US$ 6,411 bilhões e importações de US$ 4,187 bilhões. No ano, as exportações somam US$ 94,337 bilhões e as importações, US$ 63,089 bilhões, com saldo positivo de US$ 31,248 bilhões.

Acesse os dados completos da balança comercial

Nas exportações – comparadas as médias até a segunda semana de junho deste ano (US$ 915,9 milhões) com a média de junho do ano passado (US$ 760,8 milhões)- , houve crescimento de 20,4%, em razão do aumento nas vendas das três categorias de produtos: semimanufaturados (+37,7%, por conta, principalmente, de açúcar em bruto, celulose, semimanufaturados de ferro e aço, ouro em forma semimanufaturada e óleo de soja em bruto), básicos (+17,3%, petróleo em bruto, soja em grão, minério de ferro, minério de cobre e carne bovina) e manufaturados (+16,8%, tubos flexíveis de ferro e aço, automóveis de passageiros, veículos de carga, açúcar refinado e polímeros plásticos). Em relação a maio deste ano, houve crescimento de 1,8%, em virtude do aumento nas vendas de produtos semimanufaturados (+21,2%) e manufaturados (+3,5%), enquanto que as vendas de produtos básicos tiveram queda (-5,5%).

Nas importações, a média diária até a segunda semana (US$ 598,2 milhões) ficou 3,1% acima da média de junho de 2016 (US$ 580,4 milhões). Nesse comparativo, aumentaram os gastos, principalmente, com bebidas e álcool (+178,1%), combustíveis e lubrificantes (+66,9%), adubos e fertilizantes (+50,1%), siderúrgicos (+45,9%) e equipamentos eletroeletrônicos (+9,7%). Na comparação com maio de 2017, registrou-se crescimento de 8,5%, pelo aumento nas compras de adubos e fertilizantes (+81,5%), combustíveis e lubrificantes (+36,3%), instrumentos de ótica e precisão (+14,7%), equipamentos mecânicos (+11,3%) e plásticos e obras (+5,9%).

MDIC

Brasil e Emirados Árabes Unidos negociam Acordo de Cooperação e Facilitação de Investimentos

O Brasil precisa de muitos investimentos em vários setores

Brasília (17 de maio) – O ministro Marcos Pereira e a embaixadora dos Emirados Árabes Unidos (EAU) no Brasil, Hafsa Abdula Al Ulama, se reuniram nesta quarta-feira, no MDIC, em Brasília, para discutir formas de ampliar investimentos e o comércio bilateral.

Na audiência com o ministro, a embaixadora afirmou que há interesse dos Emirados Árabes Unidos em firmar com o Brasil um Acordo de Cooperação e Facilitação de Investimentos (ACFI). Marcos Pereira mostrou disposição em continuar a negociação para a assinatura do acordo, já assinado com outros oito países, e lembrou que existem grandes investimentos dos Emirados Árabes no Brasil.

Além disso, o ministro afirmou que o intercâmbio comercial tem potencial de crescimento e indicou as Zonas de Processamento de Exportação (ZPE) como potenciais áreas de interesse para novos investimentos dos EAU no Brasil para empresas que queiram produzir e exportar para o Mercosul e região.  Por fim, a embaixadora reforçou o convite para que o ministro participe da Expo 2020, que será realizada em Dubai… (MDIC)

Brasil começa a importar energia do Uruguai

É troca rotineira. O Brasil também possui convênios com outros vizinhos.

O Brasil vai começar a importar energia do Uruguai a partir deste mês. O Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) informou hoje (3) que na primeira semana de maio está prevista a importação de cerca de 50 megawatts médios pela conversora de Rivera, cidade uruguaia na fronteira com o Brasil.

A quantidade de energia que pode ser importada do Uruguai será avaliada a cada semana, de acordo com a necessidade e o preço do produto no país vizinho… (EBC)

Feiras internacionais de maio de 2017 no Brasil

Muitos eventos, muitas feiras !

Excelentes lugares para conhecer pessoas, aumentar o networking, fazer novos negócios, conhecer produtores, expositores e, de repente, descobrir uma nova carreira, novos trabalhos.

1- AGRISHOW 

2- APAS 

3- EXPOINGÁ 

4- EXPOARROZ

5- TECNOALIMENTOS 

6- GREEN RIO 

7- EXPOAGRO 

8- AGROBALSAS 

9- CEMAT SOUTH AMERICA Não será realizada. Maiores explicações no link.

10- HOSPITALAR

11- AGROBRASÍLIA 

12- ENERSOLAR BRASIL 

13- EXPOSEC 

14- FCE COSMETIQUE 

15- RONDÔNIA RURAL SHOW 

16- BNT MERCOSUL 

17-   EXPO PARQUES E FESTAS 

18- FIT 0/16 

19- PUERI/EXPO 

20- THE CANDY SHOW 

 

Mercosul inicia aplicação de mecanismo que pode levar à expulsão da Venezuela

Venezuela não é uma democracia.

O Mercosul iniciou hoje (1º) o processo de aplicação da Cláusula Democrática à Venezuela, que pode resultar na expulsão do país do bloco regional, integrado por Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai. A decisão foi tomada numa reunião de urgência, em Buenos Aires.

A reunião de ministros das Relações Exteriores dos quatro países fundadores do Mercosul foi convocada pela Argentina, que ocupa a presidência rotativa do bloco. O motivo foi a decisão do Tribunal Superior de Justiça da Venezuela de assumir os poderes do Parlamento, onde a oposição é maioria desde 2016.  A justiça venezuelana alega que o Legislativo está em regime de desacato porque deu posse a três parlamentares, cuja eleição foi impugnada em dezembro de 2015… (EBC)

Feiras Internacionais de Abril de 2017 no Brasil

Excelentes eventos para fazer negócios, ver oportunidades de outros negócios, trabalhos, fazer contato (networking).

1- FEIPLASTIC 

2- AUTOCOM 

3- FEIRA DA FLORESTA 

4- INTERMODAL 

5- WTM LATIN AMERICA

6- LAAD DEFENCE & SECURITY 

7- FEICOM BATIMAT

8- FINNAR 

9- ARNOLD CLASSIC SOUTH AMERICA

10- HAIR BRASIL 

11- ZOOTECNIA DE PRECISÃO 

12-  AVESUI AMÉRICA LATINA 

13- BIOMASSA E BIOENERGIA

14- TECNOTÊXTIL BRASIL

15- TRAVELWEEK

16- AUTOMEC 

17- BIJOIAS 

18- RECICLA NORDESTE 

19- EXPOSOL 

20- EXPOZEBU