Da Noruega a Cingapura, “lava jato” já chegou a 34 países; veja a lista

É uma grande vergonha nacional esse mega esquema de corrupção na Petrobrás. Pior, as consequências são trágicas. Esperamos que a Operação Lava Jato tenha 100% de êxito, no sentido de  recuperar todo o patrimônio desviado através da corrupção e a responsabilização criminal de todos os envolvidos. 

Por Marcos de Vasconcellos,

Nascida em Curitiba, a operação “lava jato” já chegou a 34 países. Ao todo, são 97 pedidos de colaboração internacional. Enquanto o Ministério Público Federal já enviou pedidos a 28 países, 11 nações, por sua vez, encaminharam pedidos ao Brasil — alguns países se repetem nas duas listas — veja tabela abaixo.

A internacionalização mostra os problemas que ainda podem surgir para as empresas envolvidas no esquema de corrupção na Petrobras. As companhias que fizeram delações premiadas, por exemplo, assumindo o pagamento de propinas, abriram a porteira para um novo round de ações fora do país. Advogados estrangeiros já notaram isso e correm ao Brasil para formalizar parcerias… (CONJUR)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *