Diretor da OMC diz ser difícil prever efeitos da saída do Reino Unido da UE

Aguardamos notícias sobre a possível saída do Reino Unido da UE.

O diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Roberto Azevedo, disse hoje (17) que não é possível prever os efeitos de uma possível saída do Reino Unido da União Europeia (UE).

“É muito difícil mensurar o impacto disso para o Reino Unido e para outras economias parceiras do Reino Unido, inclusive o Brasil. Não há uma resposta muito óbvia”, ressaltou, após participar do encontro da Câmara Internacional de Comércio.

Para Azevedo, a extensão do impacto será determinada pelas condições que serão estabelecidas com os países que têm acordos comerciais com o bloco europeu. “Ninguém sabe [quais serão os efeitos]. Vai depender das condições de negociação que, ao meu ver, terão de acontecer com todos os países com os quais a União Europeia tem acordos de preferência tarifária”, afirmou… (AGÊNCIA BRASIL)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *