Categoria: Notícias de Comércio Exterior Page 1 of 162

Balança comercial da quarta semana de janeiro de 2020

Tenho visto que o governo federal está trabalhando muito para melhorar o comércio exterior brasileiro administrativamente e através de parcerias e acordos internacionais. Espero ver reflexos na balança comercial logo.

ECONOMIA 

“Na quarta semana de janeiro deste ano, a balança comercial brasileira registrou déficit de US$ 561 milhões e corrente de comércio de US$ 5,693 bilhões, como resultado de exportações no valor de US$ 2,566 bilhões e importações de US$ 3,127 bilhões. Os dados divulgados nesta segunda-feira (27/01), pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia também mostram que, no mês, as exportações somam US$ 11,397 bilhões e as importações, US$ 11,041 bilhões, com saldo positivo de US$ 356 milhões e corrente de comércio de US$ 22,437 bilhões.”…

China autoriza importação de melão do Brasil

Que excelente oportunidade de negócios de exportação para os exportadores brasileiros.

AGRICULTURA 

“A Administração Geral de Aduana da China (GACC, órgão responsável pela sanidade vegetal e animal) publicou comunicado, em sua página oficial, nesta quinta-feira (22) que autoriza a importação de melão do Brasil. Em novembro, o Brasil fechou acordo com a China para viabilizar a exportação de melão. O acordo é simbólico por se tratar do primeiro entendimento sobre frutas com o país asiático.”…

MP da Liberdade Econômica aproximará normas brasileiras das existentes nos países da OCDE

Gostaríamos muito que o Brasil conseguisse chegar a OCDE e vamos acompanhar todo o trabalho do governo para tanto.

“A Medida Provisória da Liberdade Econômica (MP nº 881) aproximará as normas brasileiras daquelas existentes nos países que compõe a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Esta é a expectativa do secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Paulo Uebel, defendida na tarde desta segunda-feira (12/8), durante o seminário Declaração de Direitos de Liberdade Econômica: Debates sobre a MP 881. O evento foi realizado no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

“Nós temos a preocupação de tornar o Brasil um país mais desenvolvido, com regras mais harmonizadas com os países da OCDE, para trazer mais segurança jurídica e confiança. Todos os países nórdicos, onde existem altos níveis de desenvolvimento humano, têm mais liberdade econômica que o Brasil”, afirmou Uebel. Para o secretário especial, o objetivo da MP é garantir o direito ao trabalho, um valor fundamental de todas as sociedades livres, prósperas e democráticas.

A MP nº 881 instituiu a Declaração de Direitos de Liberdade Econômica e estabeleceu normas gerais de garantias de livre mercado e análise de impacto regulatório. A medida traz uma série de orientações referentes a atos públicos como licenças, autorizações, inscrições, registros, alvarás e outros exigidos pela administração pública como condição prévia para o exercício de atividade econômica.”…

ECONOMIA 

Economia reduz tarifas de importação de 17 produtos da Lista de Exceções do Mercosul

Excelentes oportunidades  para os importadores desses insumos equiparem as suas empresas !

“A Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia (Secint/ME) reduziu, a partir desta quarta-feira (7/8), 17 tarifas de importação de produtos que estavam na Lista de Exceções à Tarifa Externa Comum (Letec) do Mercosul. As mudanças entram em vigor hoje, regulamentadas pela Portaria nº 523, publicada no Diário Oficial da União.

Os 17 itens são insumos industriais, produtos para construção e operação de centros de dados (datacenters), medicamentos para tratamento de pacientes com câncer e HIV/Aids, bens de consumo e produtos de higiene (fraldas e absorventes). As tarifas originais aplicadas na compra desses produtos no exterior eram de até 18%. As novas alíquotas são agora, na maioria dos casos, de zero ou 2%.”…

Confira a lista de produtos em ECONOMIA

Confira a lista dos produtos que tiveram alíquotas zeradas e reduzidas

O Ministério da Economia reduziu 17 tarifas de importação de produtos que estavam na Lista de Exceções à Tarifa Externa Comum (Letec) do Mercosul.

Foram incluídos em códigos já existentes na Letec, com alíquotas zeradas, medicamentos e um equipamento médico, todos sem fabricação nacional. Produtos usados na instalação de centros de dados (datacenters) foram incluídos na Letec com redução de tarifas para compra externa. Os centros de dados são repositórios centralizados, integrados a uma rede de telecomunicações, com o objetivo de armazenar, gerenciar e disseminar dados e informações.

Para ler a notícia acesse ECONOMIA 

Brazil’s toxic pesticides ‘affecting people all over the world’ through agricultural exports

Unfortunately, Brazil will export a lot of pesticides for all over the World ! Organic food need investment in Brazil to produce in large scale. 
“Brazil’s embrace of highly toxic pesticides – the government has approved 262 so far this year and loosened regulations on what is considered “extremely toxic” – is affecting people far outside its borders, an expert tells RT.

EU-banned pesticide[s are] being manufactured in the EU, and then coming back to citizens in the EU, in the food we eat,” environmental journalist and founding member of the Green Economic Institute think tank Oliver Tickell told RT, explaining that as one of the largest soy exporters in the world, Brazil supplies a significant quantity of the feed that cattle and other livestock worldwide consume. European consumers tucking into a juicy steak have no idea that the creature they’re eating might have been nourished on soy sprayed with highly toxic pesticides.

This is not just a problem for Brazil and Brazilian people and people exposed in the countryside to these pesticides and consumers and farmers,” Tickell warned. “It is actually affecting people all over the world through Brazil’s agricultural exports.”

ANVISA, the Brazilian public health regulatory agency, relaxed pesticide regulations last week so that only those chemicals with lethal potential can be classified as “extremely toxic,” triggering a massive backlash from environmental groups, human rights organizations, and food safety advocates. The fervently pro-business government of President Jair Bolsonaro has already approved 262 pesticides this year, 82 of which are classed as “extremely toxic,” as he follows through on campaign promises to demolish environmental regulations and open up protected rainforest lands to mining and agriculture.

RT

Brasil e EUA iniciam negociações para acordo comercial

Mais um acordo comercial a caminho ! Brasil e EUA ! 

“O ministro da Economia, Paulo Guedes, e o secretário de Comércio dos Estados Unidos, Wilbur Ross, iniciaram nesta quarta-feira (31/7) o processo de negociações para um acordo comercial ambicioso e abrangente entre as duas maiores economias do continente americano.

Ao falar com os jornalistas ao fim da audiência, que foi fechada à imprensa, o ministro Paulo Guedes declarou que, oficialmente, o Brasil iniciava ali as negociações com os EUA. “O Brasil entrou em campo”, declarou o ministro.

“Quando terminamos a reunião, o nosso secretário Marcos Troyjo perguntou ao secretário Ross: oficialmente, estamos em negociações? E a resposta foi: certamente. Nós queremos isso”, relatou Guedes. Antes da reunião no Ministério da Economia, o secretário Wilbur Ross participou de uma audiência no Palácio do Planalto com o presidente Jair Bolsonaro”…

ECONOMIA 

Receita não cobrará mais IOF sobre câmbio de exportações

“A Receita Federal não cobrará mais o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) nas operações de câmbio relativas ao ingresso no Brasil de receitas de exportação.Diário Oficial da União traz hoje (24) uma solução de consulta para esclarecer os exportadores sobre a incidência de IOF e reformular entendimento feito no ano passado.

Segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI), no final do ano passado, a Receita passou a exigir o recolhimento de 0,38% sobre divisas de exportações que entrassem no país. Na época, a interpretação da Receita era de que a isenção ficaria restrita aos que internalizassem o recurso da exportação no mesmo dia da operação”…

Para ler a notícia completa acesse AGÊNCIA BRASIL

Webinar: Desmistificando a exportação (SEBRAE- Santa Catarina)

Excelentes explicações do SEBRAE Santa Catarina.

Precisamos encorajar as empresas brasileiras a exportar !

A revolução logística chinesa que deixa a Amazon no chinelo

A logística ! 

Tudo que o Brasil precisa !

Funcionário da Suning na área onde os produtos são separados por unidades e guardados em estantes robotizadas de 24 metros de altura.

Funcionário da Suning na área onde os produtos são separados por unidades e guardados em estantes robotizadas de 24 metros de altura.ZIGOR ALDAMA

EL PAÍS 

“Fazer compras nos supermercados da rede Hema é tão fácil e rápido quanto pedir uma pizza. Usando o aplicativo de celular desenvolvido pela empresa, basta encher o seu carrinho e em no máximo meia hora o pedido está preparado e um mensageiro o leva à sua casa. O mesmo acontece com a comida em domicilio. Empresas desse setor, como Meituan e Ele.me, se popularizaram na Chinamuito antes do Glovo e Deliveroo, e seu volume de negócio faz empalidecer o de qualquer outra companhia.

O Meituan Dianping, por exemplo, supera os 400 milhões de usuários e cinco milhões de restaurantes filiados, administra 20 milhões de pedidos por dia, conta com quase 600.000 entregadores ativos e fechou o primeiro trimestre com um faturamento de 75,6 bilhões de yuans (175,87 bilhões de reais), 38,6% a mais que no mesmo período de 2018. Segundo a empresa, a rapidez de seu serviço — 28 minutos em média — se deve em grande medida aos avanços tecnológicos que adotou. Salienta um deles: o sistema de inteligência artificial que determina em 0,55 milissegundo a melhor rota para um grupo de pedidos”…

Para ler a notícia completa acesse EL PAÍS 

Page 1 of 162

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén